A produção da cultura popular: tensões no Programa Nacional de Patrimônio Imaterial

Fernanda Cristine dos Santos Bengio, Flávia Cristina Silveira Lemos, Marcelo de Almeida Ferreri, Evelyn Tarcilda Almeida Ferreira

Resumen

Neste artigo, discutimos a política de cultura patrimonial, tendo como recorte o Programa Nacional do Patrimônio Imaterial, tensionando noções como a de cultura popular e de identidade. Essa política pública é abordada a partir de seu entendimento como um dispositivo, que materializa práticas de poder, de saber e de subjetivação. Dessa maneira, propomo-nos refletir sobre aspectos importantes da cultura patrimonial, como democracia cultural, neoliberalismo e direitos humanos, a fim de pensá-los enquanto fatores que operam na imanência das práticas culturais os quais atravessam grupos e comunidades, podendo cristalizar modos pré-estabelecidos de ser.

Palabras clave

Patrimônio cultural imaterial; Modos de subjetivação; Cultura popular

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))
Copyright (c) 2015 Fernanda Cristine dos Santos Bengio, Flávia Cristina Silveira Lemos, Marcelo de Almeida Ferreri, Michelle Ribeiro Côrrea