A mulher nas narrativas do saber médico na transição entre os séculos XIX e XX

Leandra Sobral Oliveira, Ana Maria Jacó-Vilela

Resumen

Neste trabalho discutimos, através de uma perspectiva histórica, o quanto o discurso médico atuou na produção e na concepção da mulher (papéis sociais, sexualidade e corpo/saúde) na transição entre os séculos XIX e XX. Para isso, as teses defendidas na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro nesse período foram de extrema relevância para o estudo, nas quais realizamos um mapeamento no material acerca das narrativas médicas da época sobre sexualidade e gênero. De forma complementar, propusemos uma reflexão acerca dessas produções de conhecimento, ou seja, o quanto o discurso médico ajudou a compor e legitimar um desenho de mulher que foi e é transmitido nas relações com os seus pares e não pares.

Palabras clave

Mulher; Gênero; Sexualidade; Narrativas médicas

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))
Copyright (c) 2017 Leandra Sobral Oliveira