Representações sociais de imigração e imigrantes em mídia espanhola, italiana e portuguesa

Roberta Rangel Batista, Mariana Bonomo

Resumen

Referenciando-se na Teoria das Representações Sociais, o estudo objetivou conhecer e analisar as representações sociais de imigração e de imigrantes em jornais de três países europeus: em Portugal, Correio da Manhã; na Espanha, El Mundo; e na Itália, La Repubblica. O banco de dados foi criado considerando apenas as 508 notícias que se referiam ao contexto de migração no território europeu. Os dados foram tratados por meio da análise lexical através do software Alceste. Os resultados apontaram que as representações sociais a respeito da imigração e do imigrante apresentam ambiguidades quando se referem ao sujeito imigrante como necessário à mão de obra dos países, ao mesmo tempo em que julgam os processos migratórios como responsáveis pela desordem social. Esta composição orienta práticas que legitimam a atribuição de elementos negativos, que demarcam a fronteira interna e externa do grupo hegemônico europeu em relação ao grupo migrante.

Palabras clave

Europa; Imigrante; Imigração; Representação social

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))
Copyright (c) 2017 Roberta Rangel Batista, Mariana Bonomo