A psicoterapia baseada na mentalização para o tratamento da depressão na adolescência

Camilla Baldicera Biazus, Vera Regina Röhnelt Ramires

Resumen

O objetivo deste estudo foi investigar a possibilidade de desenvolvimento da capacidade de mentalização na psicoterapia de uma adolescente de 18 anos que apresentava sintomas depressivos. O estudo foi pautado pela abordagem qualitativo-exploratória, adotando procedimento de estudo de caso único. A psicoterapia ocorreu durante o período de seis meses, sendo que antes e depois da mesma a adolescente foi avaliada com o Children’s Depression Inventory para o levantamento dos indicadores de depressão e com uma entrevista estruturada, sobre a qual foi aplicado um Checklist para avaliação da mentalização. Os resultados obtidos apontaram que a adolescente apresentava uma capacidade de mentalização comprometida no início do tratamento, mas que pôde ser desenvolvida ao longo deste, contribuindo para a diminuição dos sintomas depressivos.

Palabras clave

Psicoterapia; Mentalização; Adolescente; Depressão

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))
Copyright (c) 2018 Camilla Baldicera Biazus, Vera Regina Röhnelt Ramires