Ciladas da cultura e da diferensa: sobre a discussão racial no Brasil

Pablo Severiano Benevides, Diva Rodrigues Daltro Barreto, Aluísio Ferreira de Lima

Resumen

Neste trabalho discutimos algumas armadilhas presentes em noções como cultura, identidade, diferença e raça. Para tanto, tomaremos aqui o conceito de cultura, tal como trazido por Felix Guattari & Suely Rolnik (1986), com o propósito de mostrar como por diversas vezes essa noção pretende fazer referência a uma estrutura de socialização coesa, harmônica, isenta de relações de poder e, portanto, abstraída e fetichizada a partir de signos e de experiências supostos como mais autênticos. Em articulação com esta problemática, trabalharemos com a noção de diferença tal como significada por Antônio Flávio Pierucci (1999/2000), apresentando sua argumentação de que a ênfase em demarcar as diferenças provém de um pensamento conservador-empirista. A apresentação das proposições dos autores acima mencionados permitirá a discussão da apropriação e uso do modelo da afrodescendência no Brasil, valendo-nos para tanto das contribuições de Bernadete Beserra (2011) que têm discutido a pertinência e perigos da persistência de um pensamento conservador e politicamente reacionário.

Palabras clave

Cultura; Diferença; Afro-descendência; Psicologia Social

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))

Métricas de artículo

Cargando métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM
Copyright (c) 2015 Pablo Severiano Benevides, Diva Rodrigues Daltro Barreto, Aluísio Ferreira de Lima