O diário de campo e suas possibilidades

Mateus Freitas, Eliane Regina Pereira

Resumen

Para o profissional, principalmente em formação, o registro das vivências em diário de campo permite uma reflexão e uma revisão de suas práticas. Este artigo investiga os diários de campo escritos por estagiárias de psicologia, a partir de intervenções em uma sala de espera de uma UBS, no formato de rodas de conversa, durante o ano de 2013. A análise documental somada a análise por núcleos de significação, permitiu a discussão a partir de três núcleos: reflexões sobre a preparação das rodas de conversa; impressões e sentimentos sobre a experiência de coordenar as rodas; reflexões sobre a formação do psicólogo. O diário de campo permite uma certa materialização do vivido, e sendo registro de experiências permite que diversas situações vividas no processo de formar-se psicólogo sejam repensadas com o cuidado necessário.

Palabras clave

Diário de Campo, Formação em Psicologia, Práticas Grupais

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))

Métricas de artículo

Cargando métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM
Copyright (c) 2018 Mateus Freitas, Eliane Regina Pereira